Caio Alonso

caio@caioalon.so

Elos de Uma Corrente

Na discussão do por quê da promiscuidade masculina ser valorizada e a feminina ser condenada, às vezes usa-se o seguinte argumento:

Uma chave que abre vários cadeados é uma boa chave; no entanto, um cadeado que é aberto por várias chaves é um mal cadeado.

Portanto, faz sentido que homens tenham valor em “abrir” várias mulheres e que as mulheres tenham muito afinco em manter-se fechadas, certo? E todos do grupo vão acenar em concordância, pois agora compreenderam e resumiram a complexidade da sexualidade humana em uma lógica curta e eficaz.

Só que pessoas não são chaves e cadeados, o que faz dessa lógica uma analogia: um atalho do entendimento que pega a compreensão de um assunto já familiar como guia para auxiliar na caminhada em um tema novo. Analogias são ótimas para o aprendizado, mas possuem uma vida útil curtíssima.

Cria-se então uma diferença de valores na atividade do sexo; o homem que conseguir transar com outras mulheres sem ficar preso em um compromisso matrimonial é visto como um herói hedonista, que consegue vencer as pressões sociais para satisfazer sua vontade de carne. Já a mulher, infelizmente, fica presa à necessidade de guardar sua virgindade como evidência de que nunca foi “usada”, e caso fique conhecido o fato de que fez sexo fora do casamento, será vista como um mau exemplo para o resto da sociedade, uma pessoa suja e inferior.

Aqui é onde o prazo de validade de nossa analogia vence, e ela se torna podre e fétida. O que é dito como uma forma de facilitar o entendimento na verdade é um guia definitivo de como homens e mulheres devem fazer sexo. Este mapa ilusório passa a ser confundido com o território, e mesmo sem nunca haver tido nenhuma relação entre fechaduras e pessoas, a analogia continua sendo levada a sério

Mulheres não são cadeados e homens não são chaves. A anatomia humana facilita esta comparação mas é só até aí que as semelhanças vão. Talvez devamos chamá-los agora apenas de elos de uma corrente. Interdependentes e iguais.

30 Jan 2013